Página Principal Adicione o  Portal da Póvoa de Varzim aos Favoritos E-mail: pvarzim@povoadevarzim.com.pt
    
Freguesias Galeria Multimedia Turismo da Póvoa de Varzim Fórum PVZ Informações Úteis Cidade Empresas do Concelho O Poveiro
ALA-ARRIBA
CANÇÕES POVEIRAS
FIGURAS ILUSTRES
LANCHA POVEIRA
LENDAS
PESCADOR POVEIRO
SIGLAS POVEIRAS
   
   
 
» Algumas lendas e crenças existentes na Póvoa de Varzim
 
S. Pedro de Rates
Conta um lenda que o santo salvou de doença mortal uma jovem princesa pagã. Como retribuição ela converteu-se ao cristianismo e fez voto de castidade. Tais factos enfureceram o pai levando-o a ordenar a morte de S. Pedro. Este refugiou-se na capela de Rates onde foi encontrado e decapitado pelos soldados que seguidamente destruíram o templo.
    
Séculos mais tarde, da serra de Rates, S. Félix observava todas as noites uma luz na escuridão. Guiado pela curiosidade desceu a vertente e encontrou no meio dos escombros a razão de ser desse clarão: o corpo de S. Pedro.
 
Fontes de S. Pedro
Quer em Balasar quer em Rates existem fontes com o nome de S. Pedro e, ambas, segundo a tradição popular, têm efeitos milagrosos.
    
Na de Balasar há uma pedra com uma pegada que dizem ser do dito santo. Conta-se que tirada esta pedra a fonte secou e não brotou água senão quando a voltaram a colocar.
Na de Rates existia uma pedra furada que teria efeitos curativos em casos de esterelidade. Daí, talvez, a ideia que anda associada a este santo de que ele é particularmente vingativo com as fêmeas em estado de gravidez. Por essa razão, em algumas localidades as mulheres grávidas e os animais não trabalham no dia de S. Pedro de Rates.
 
Nossa Senhora das Candeias
Associada à linda imagem de Nossa Senhora das Candeias, venerada na igreja de Terroso, corre a lenda de que a escultura teria dado à costa em Azurara (margem esquerda do Ave) e que, feitas várias tentativas para a sua retirada por grupos de várias localidades, só os de Terroso obtiveram sucesso nessa Missão. Tal facto foi interpretado como reflexo da vontade da Senhora em ser venerada nesta freguesia.
Nossa Senhora da Saúde
Pelo facto de o templo se situar no sopé do monte de S.Félix (ponto de orientação para o pescador no alto Mar), a Nossa Senhora da Saúde é particularmente venerada pela classe piscatória poveira. Foram eles os percursores de uma romaria anual que, actualmente, reúne grande número de pessoas no último domingo de Maio.
    
Caída em desuso, praticou-se, durante muito tempo, uma forma muito particular de promessa: o "caso do morto vivo". O possível miraculado deitava-se num caixão e era transportado até ao altar da Virgem.
S. Félix
A imagem que se venera no Monte de S.Félix (Laúndos), condiz mais com a de um eremita do que com a do mártir que leva esse nome, pelo que o padre Dinis Lopes, autor de uma monografia local, defende que o povo associou esse eremita com o santo da sua devoção.
    
Conta a tradição popular que S.Félix (o eremita) vivia na antiga  Vila de Mendo e dedicava-se à pesca. Quando chegava a casa, com as redes vazias, os pais puniam-no severamente. Este, desgostoso, abandonou a sua casa e, na companhia de um sobrinho, retirou-se para a solidão do monte.
    
Advogado de males desconhecidos, é tido como um santo vingativo para quem não cumpre o prometido.
Santo André

Na Capela em Aver-o-Mar venera-se este santo de que os poveiros são muito devotos, sobretudo a classe piscatória, pois a Santo André é dada a incumbência de pescar das profundezas as almas dos náufragos e entregá-las a Deus.
    
A romaria deste padroeiro das almas, a 30 de Novembro, é muito concorrida por gentes de toda parte. Dizem que quem não for a Santo André em vida lá terá de ir depois de morto.

Além disso, o santo tem também dotes de casamenteiro.

Fonte do Castro
Testemunho do imaginário de outros tempos é a lenda associada a esta fonte do Crasto, ou da Moura Encantada, situada em Navais, no lado nascente da estrada nacional nº13. Havia a crença de que uma junta de bois de ouro e grades douradas aí apareciam durante a noite.
 
   
 
   
 
Página Principal
LIVRO DE VISITAS | VER LIVRO | RECOMENDAR SITE | TELEFONES ÚTEIS  | E-MAIL
© design e desenvolvimento: richardesign